7 de julho de 2010

Eu e o Palestra (1997)

…Em 1996, após péssima campanha, o Fluminense seria rebaixado para a segunda divisão nacional, sendo salvo por uma manobra política da CBF que o manteve na elite, a fim de abafar um escândalo de arbitragens envolvendo outros clubes, conhecido como o Caso Ives Mendes, e que obrigaria a CBF a rebaixar os envolvidos, caso viessem a ter os seus pontos cassados, conforme a opinião pública previa…

da Wikipédia

Fiz questão de ir na estreia do Palmeiras no Brasileirão 1997 contra o Fluminense, para apoiar o Palmeiras e para xingar muito aquele clube imundo, que graças a mais uma péssima campanha caiu novamente e continuou caindo, mesmo estando na primeira divisão (de forma irregular) merece meu eterno desprezo.

Foi um baile, via-se os jogadores do Fluminense sem vontade, já indicando como seria o resto do ano para eles.

07/07/1997
Palmeiras goleia e Fluminense é vaiado em São Paulo

O Palmeiras mudou de cara não apenas com o novo uniforme. Na sua estréia no Campeonato Brasileiro, a equipe já mostrou o estilo do seu novo treinador, agressiva, solidária e dinâmica. Sem dificuldades, bateu o Fluminense por 4 x 1, sábado, no Parque Antártica.

Os jogadores do Fluminense entraram em campo sob vaias da torcida paulista. Inconformados com a virada de mesa que manteve o clube carioca na Série A do Campeonato Brasileiro, os torcedores palmeirenses protestaram com os gritos de ‘‘Segunda Divisão!’’ e ‘‘Uh! Rebaixado!’’.

Aos 24 minutos, o Palmeiras marcou o primeiro gol do campeonato com Edmílson. Ele aproveitou um escanteio cobrado por Marquinhos e fez 1 x 0. Sem forças, o Fluminense se descuidou na defesa dando espaços para Euler usar sua principal arma, a velocidade. Aos 32, Euler ganhou na corrida dos zagueiros adversários e marcou 2 x 0. O domínio palmeirense continuou no segundo tempo. Logo aos dois minutos, Cris fez 3 x 0. Aos 13, o Fluminense diminuiu com Roni. Edmílson, aos 45, completou o placar.

Agência Estado

05/07/1997 - PALMEIRAS 4 x 1 Fluminense – Camp. Brasileiro 1997
Estádio Palestra Itália - Horário: 21h40
Público: 3.306 pagantes - Renda: R$ 37.695,00
Árbitro: Luciano Augusto Teotônio de Almeida (DF) - Assistentes: César Augusto (DF), Renato Rates (GO)
PALMEIRAS: Marcos, Neném, Cléber (Júnior II), Júnior Tuchê, Júnior, Galeano, Rogério, Marquinhos (Alex), Edmilson, Cris (Eriberto), Euller - Técnico: Luiz Felipe Scolari
Fluminense (Rio de Janeiro/RJ): Alex, Marcelo Cardoso, Vágner, Márcio Costa, Jorge Luiz, Cadu, Paulo Roberto, Nildo (Dirceu), Yan, Toninho, André Niquimba (Roni) - Técnico: Hugo De Leon
Cartões amarelos: Cléber, Júnior, Galeano (PAL), André Niquimba, Nildo (Flu) - cartão vermelho: Marcelo Cardoso (Flu)
Gols: Edmilson (PAL) 25 min, Euller (PAL) 32 min primeiro tempo, Cris (PAL) 2 min, Roni (Flu) 13 min, Edmilson (PAL) 45 min segundo tempo

Um comentário:

  1. Gostaria de compartilhar meus vídeos sobre a Despedida do Palestra Itália

    1# Tudo sobre a despedida do Palestra Itália
    http://www.youtube.com/watch?v=4KvSOuZTOlA

    2# Festa linda no Palestra Itália - Despedida
    (torcida com as faixas de plástico no estádio inteiro, cantando Festa no Chiqueiro)
    http://www.youtube.com/watch?v=_JvAp5KmsK8

    Fiquem a vonts para divulgá-los aí como quiserem! Espero que a galera curta a minha humilde montagem hehe

    valeu!

    ResponderExcluir